Perguntas frequentes

Gerais

O valor pago pela Drivfit ao proprietário é apurado segundo um conjunto de critérios, como a tipologia de viatura, a sua a marca e modelo, ano de matrícula, quilómetros, entre outros.

Peça uma proposta à equipa Drivfit e indicaremos o valor na hora!

A sua viatura será sub-alugada a clientes Drivfit, apenas empresas que operam na área de transporte de passageiros ou mercadorias, como por exemplo, Transporte para hotéis, Transporte de clientes de agências de viagens, TVDE, Courier, etc.

A mesma poderá também ser usada para fins pessoais dos condutores que a utilizam.

O setor automóvel e todas as empresas dependentes deste setor (ex: Rent-a-cars, empresas de transporte, etc) atravessam a maior crise de sempre na história do setor.

A paralisação industrial da China motivada pela pandemia (e sua política de Covid-zero), a falta de semicondutores e a guerra na Ucrânia formam a tempestade perfeita, afetando profundamente a produção automóvel.

Estes eventos originam uma enorme escassez de todos os componentes e materiais oriundos dessas regiões, levando a uma redução da produção e, consequente oferta, estimada em 40% face aos anos anteriores.

Traduzindo: não há carros para adquirirmos!

Paralelamente, há pessoas que detetam nesta crise uma oportunidade de ouro!

Por um lado, o trabalho remoto cresce exponencialmente e os combustíveis não demonstram vontade de descer, contribuindo para inúmeras viaturas paradas nas garagens, a desvalorizar todos os dias…

Por outro lado, os juros ameaçam agravar-se substancialmente e a inflação não pára de reduzir o dinheiro no bolso dos portugueses! Com isto, os créditos automóveis ficam mais caros, mas também a renda da casa e os alimentos no supermercado.

Os portugueses estão então à procura de reduzir custos e aumentar receitas.

É neste contexto que a Drivfit viu uma oportunidade fantástica para ter mais viaturas para a sua operação, ao mesmo tempo que cumpre a sua responsabilidade social, ajudando os portugueses auferir ótimos rendimentos, investindo um bem caro e que está parado!

Depois de receber, ler e aceitar a nossa proposta, as nossas condições e as importantes FAQ (Perguntas Frequentes, em inglês), será-lhe apresentado o Contrato, onde constará tudo o que lhe informamos previamente e o valor que atribuímos à sua viatura, para efeitos de Perda Total e Roubo.

Aceitando todos os termos, agendaremos inspeção inicial e checkup mecânico. Estando tudo em conformidade, assinamos o Contrato, abrimos a sua conta internamente, incluímos a sua viatura na nossa apólice de Seguro e inicia-se o Aluguer!

Durante o aluguer, pode-nos contactar para qualquer dúvida acerca do estado da sua viatura.

Também o iremos contactar aquando de qualquer manutenção, revisão ou mudança de pneus, bem como em caso de sinistro ou avaria.

Iremos receber de si as faturas ou outro documento contabilístico de suporte à renda e iremos pagar-lhe o valor acordado, mensalmente, para a sua conta bancária!

Aproximando-se o final, ambas as partes irão considerar a renovação do contrato. Se renovarmos, a viatura permanece connosco. Caso contrário, iremos agendar a inspeção final aos danos e iremos liquidar-lhe o valor dos mesmos.

Requisitos

A viatura deverá ter, no máximo, 6 anos e 6 meses no início do aluguer e não perfazer 7 anos durante a vigência do contrato.

Exemplo A: viatura tem 6 anos e 6 meses e o contrato é de 9 meses; como viatura terá 7 anos e 3 meses, não é possível.

Exemplo B: viatura tem 6 anos e 6 meses e o contrato é de 3 meses; como a viatura terá 6 anos e 9 meses, é possível.

A Drivfit tem uma listagem de viaturas, por marca e modelo, que são aceites.

Consulte-nos já para ver se a sua viatura se enquadra!

A Drivfit não recusa viaturas com financiamento. Contudo, a propriedade oficial da viatura tem de ser obrigatoriamente da entidade/indivíduo com o qual a iremos fechar contrato e irá faturar à Drivfit.

Poderá consultar o proprietário legal da viatura no DUA (Documento Único Automóvel).

A Drivfit aceita viaturas com danos visíveis. Contudo, estes danos não poderão colocar a estética e, sobretudo, a segurança dos seus utilizadores.

Caso seja essa a situação, a Drivfit poderá recusar a viatura.

A Drivfit não irá aceitar viaturas com quaisquer problemas mecânicos.

O limite máximo permitido são 170.000 kms. Contudo, a Drivfit reserva-se o direito de recusar uma viatura por quilometragens inferiores, dependendo da tipologia de viatura.

Não há qualquer limite ao número de viaturas que o proprietário poderá alugar à Drivfit, desde que cumpridos todos os demais requisitos e sendo essa a vontade e necessidade da Drivfit.

Apesar de ser focado em automóveis de particulares, o aluguer Drivfit também permite viaturas de empresas.

Neste caso, a Drivfit apenas permite empresas cuja área de atividade (principal ou secundária) não seja Rent-a-car. Caso a empresa em questão possua algum CAE de rent-a-car, não será possível.

Além do disposto, a propriedade da viatura deverá ser da empresa e será com esta que haverá

relação contratual e contabilística.

A viatura objeto do aluguer deverá ser propriedade obrigatoriamente da entidade ou indivíduo com o qual haverá relação contratual e contabilística.

Se a viatura estiver em seu nome, o contrato será feito consigo e terá de emitir o documento

contabilístico com a sua informação fiscal.

As entregas e recolhas serão realizadas numa das oficinas da rede Drivfit.

Para já, a Drivfit só disponibiliza este serviço nas cidades de Lisboa e Porto; contudo, não importa a residência do proprietário.

A recolha terá de ocorrer sempre na mesma cidade onde ocorreu a entrega e, preferencialmente, na mesma oficina escolhida para a entrega.

Deverá constar dentro da viatura todos os acessórios e equipamentos obrigatórios por lei e em conformidade com as boas práticas de segurança.

Para além dos equipamentos evidentes (volante, rádio, etc), não se esqueça dos seguintes: tapetes, triângulo de advertência, pneu suplente ou equivalente, macaco, colete de segurança.

Deverá também disponibilizar a segunda chave da viatura.

Caso a sua viatura possua dispositivo GPS removível ou de cartão SD, por favor remova-os antes de nos entregar a viatura - não iremos necessitar dos mesmos.

A documentação obrigatória e que terá de ser enviada antes do aluguer é a seguinte:

  • DUA ou certificado de matrícula válido - fotografia ou digitalização com qualidade máxima;
  • Descrição da marca, modelo e versão da viatura;
  • Fotografia da viatura onde conste a matrícula, marca e modelo;
  • Fotografias gerais da viatura comprovando inexistência de danos agressivos;
  • Fotografia do painel, comprovando a quilometragem atual.

A documentação obrigatória do proprietário dependerá da sua tipologia.

 

Particular:

  • Cartão de cidadão;
  • Comprovativo de IBAN contendo nome do proprietário;
  • Morada fiscal completa (inc. Código postal);
  • Email válido;
  • Telemóvel válido.

 

Empresa:

  • Certidão permanente;
  • Endereço fiscal completo (inc. Código postal);
  • Comprovativo de IBAN, contendo nome da empresa proprietária;
  • Email válido de responsável;
  • Telemóvel válido de responsável;

Contrato

As responsabilidades do proprietário são as seguintes:

  • Transparência total para com Drivfit;
  • Emissão de documento contabilístico de suporte ao valor da renda e partilha com Drivfit;
  • Entrega da viatura à Drivfit em perfeito estado de funcionamento;
  • Fornecer à Drivfit toda a documentação necessária à utilização do veículo;
  • Suportar o custo das manutenções e revisões programadas, bem como substituição dos pneus e demais peças consumíveis;
  • Realizar todas as intervenções do ponto anterior dentro da rede de oficinas recomendadas pela Drivfit, podendo usufruir dos descontos e tabela de preços Drivfit nessas oficinas;
  • Permitir a instalação de equipamentos telemáticos, incluindo a sua remoção no final do aluguer;
  • Colaborar com a Drivfit para a correta execução do contrato de aluguer;
  • Não praticar qualquer ato que impeça ou condicione a atividade da Drivfit e utilização da viatura.

As responsabilidades da Drivfit são as seguintes:

  • Transparência total para com o Proprietário;
  • Pagamento da renda ao Proprietário, nos valores e prazos acordados e mediante apresentação de documento contabilístico e suporte;
  • Utilização da viatura com prudência, zelo e diligência;
  • Suportar os custos de instalação e remoção dos equipamentos telemáticos;
  • Suportar o custo da realização de IPO, caso necessário durante a vigência do contrato;
  • Indemnizar o Proprietário pelos danos criados na viatura durante a vigência do contrato, mediante apresentação de documento contabilístico e suporte;
  • Suportar todos os custos com coimas e multas por factos praticados pela Drivfit durante a vigência do contrato.

O prazo do aluguer é acordado entre as partes.

Contudo, a Drivfit não está disponível para alugueres superiores a 9 meses, nem inferior a 3.

Além disso, estes prazos poderão ser alterados no futuro, sendo o Proprietário informado disso aquando da partilha da proposta.

É possível a rescisão antecipada do contrato, por qualquer das partes (proprietário e Drivfit), em qualquer momento, desde que com uma antecedência de 15 dias.

Não há qualquer limitação ao número de quilómetros a percorrer.

Contudo, prevê-se uma média mensal inferior a 6000 kms.

O contrato poderá ser renovado caso ambas as partes tenham interesse e assim o firmem.

Não há qualquer renovação automática.

Se estiver interessado em renovar e estivermos próximos do final, fale connosco!

A responsabilidade dos danos ocorridos durante a vigência do contrato é da inteira responsabilidade da Drivfit.

Os danos pré-existentes ao contrato serão inspecionados e apurados por entidade independente e certificada para o efeito antes do início do aluguer - sobre estes a Drivfit não terá qualquer responsabilidade.

No final do aluguer, ocorrer nova inspeção pela mesma entidade que, pelo cruzamento com a inspeção inicial, irá apurar os danos ocorridos durante o aluguer e valorizar os mesmos. O montante total desta valorização será o valor da indemnização a pagar pela Drivfit ao Proprietário.

Atualmente, a Drivfit necessita de até 7 dias para aprovar o seu processo.

Estamos a trabalhar para reduzir estes prazos.

Fale connosco a qualquer altura para lhe informarmos do estado do seu processo.

Pagamentos, faturação e impostos

O proprietário deverá enviar o documento contabilístico de suporte (exemplo: fatura) até ao dia 05 do mês seguinte.

Caso o proprietário pretenda, poderá optar por receber o valor total, no final do aluguer.

Se assim for, deverá enviar o mesmo documento contabilístico de suporte até ao dia 05 do mês seguinte ao término e resolução do contrato.

O valor final do documento será o valor acordado (mensal ou total), que inclui impostos caso estes se apliquem na sua situação fiscal.

Além disso, o documento deverá conter na descrição, de forma clara, a expressão “Aluguer viatura” seguida da matrícula e o período de faturação.

Exemplo: proprietário da viatura AA-19-AP envia fatura no dia 04 de Agosto, contendo na descrição “Aluguer viatura AA-19-AP, de 01/07/2022 a 31/07/2022”.

Após receção deste documento, e caso tudo conforme, Drivfit irá efetuar transferência bancária para o IBAN que proprietário partilhou, no prazo máximo de 10 dias.

O pagamento do valor ocorrerá de forma mensal ou única no final do aluguer.

Para questões sobre a sua situação fiscal, recomendamos vivamente que consulte o seu contabilista, não podendo a Drivfit opinar nesta matéria.

O valor acordado e mencionado é o valor final que será transferido para a conta bancária do proprietário, incluindo, portanto, todos os impostos que a sua situação fiscal requeira.

Recomendamos vivamente que consulte o seu contabilista.

Não é possível faturar por outra entidade.

A entidade que fatura deve ser obrigatoriamente a proprietária da viatura e a outorgante do contrato.

Apenas poderá faturar pela empresa caso tal empresa seja a proprietária da viatura e a outorgante do contrato.

Ainda assim, a Drivfit apenas permite empresas cuja área de atividade (principal ou secundária) não seja Rent-a-car. Caso a empresa em questão possua algum CAE de rent-a-car, não será possível.

Para cumprimento do contrato assinado e receção do valor acordado, é obrigatório apresentar qualquer documento contabilístico de suporte ao valor da renda ou outros (como indemnização de danos), do qual a fatura será uma das opções.

Caso não apresente tal documento, não será possível para a Drivfit transferir-lhe o valor acordado.

O proprietário deverá enviar o documento contabilístico de suporte (exemplo: fatura) até ao dia 05 do mês seguinte.

Caso o proprietário pretenda, poderá optar por receber o valor total, no final do aluguer.

Se assim for, deverá enviar o mesmo documento contabilístico de suporte até ao dia 05 do mês seguinte ao término e resolução do contrato.

O valor final do documento será o valor acordado (mensal ou total), que inclui impostos caso estes se apliquem na sua situação fiscal.

Além disso, o documento deverá conter na descrição, de forma clara, a expressão “Aluguer viatura” seguida da matrícula e o período de faturação.

Exemplo: proprietário da viatura AA-19-AP envia fatura no dia 04 de Agosto, contendo na descrição “Aluguer viatura AA-19-AP, de 01/07/2022 a 31/07/2022”.

Após receção deste documento, e caso tudo conforme, Drivfit irá efetuar transferência bancária para o IBAN que proprietário partilhou, no prazo máximo de 10 dias.

Sim. Sugerimos vivamente que consulte o seu contabilista.

Aluguer e viatura

A Drivfit irá alugar a sua viatura a empresas do setor de Transporte de passageiros ou Courier (entrega de encomendas). Estas empresas poderão ter mais de um condutor e a Drivfit não tem qualquer limitação ao número de condutores. Apesar disso, temos vindo a ter uma média inferior a 1 condutor por mês.

Ainda assim, a Drivfit tem um controlo muito próximo da viatura e garante a sua boa utilização, assumindo qualquer avaria, danos ou hipotética má utilização, que ocorra durante o seu aluguer.

Para proteção dos clientes Drivfit e seus condutores e em conformidade com as normas de proteção de dados (RGPD), não nos será possível partilhar qualquer informação.

Contudo, saberá sempre o estado e outras informações sobre a sua viatura.

Ser-lhe-á sempre comunicado ocorrências como sinistros ou avarias e quando existir necessidade de reparação ou manutenção.

Além disso, sob seu pedido e em qualquer momento, poderemos partilhar o estado, localização e quilometragem da sua viatura.

A Drivfit garante e é responsável pela lavagem e limpeza da viatura, incluindo seus estofos.

A Drivfit e a sua rede de oficinas não irão executar qualquer alteração na sua viatura, para além das requeridas nas manutenções e reparações. Paralelamente, iremos instalar equipamentos telemáticos, para maior controlo e segurança da viatura, mas que não são consideradas alterações à viatura, não perdendo garantia e estando em conformidade com o preconizado pelas Marcas.

Graças aos equipamentos telemáticos que iremos instalar, a Drivfit terá informações da sua viatura em tempo real, como quilometragem, viagens, tipo de condução, localização exata, avisos do painel, entre outros.

Os equipamentos telemáticos irão garantir à Drivfit um total controlo sobre a viatura. Por um lado, teremos toda a informação da viatura, em tempo real; informações como quilometragem, viagens, tipo de condução, localização exata, avisos do painel, entre outras. Por outro lado, teremos também a possibilidade de bloquear a viatura, impossibilitando o seu arranque e utilização. Este bloqueio será realizado em casos comprovados de má utilização, garantindo-lhe assim a maior segurança e controlo sobre a viatura.

A instalação de equipamentos telemáticos não invalida, em caso algum, a perda da garantia automóvel nem danificará qualquer sistema. No final do aluguer, a Drivfit irá remover estes equipamentos e garantir o estado inicial de todos os sistemas.

Por motivos de proteção dos nossos clientes e em conformidade com a regulação europeia e nacional de proteção de dados (RGPD), não poderemos partilhar essa informação.

Contudo, dentro das possibilidades dessa regulação, poderemos dar-lhe informação sobre o estado da sua viatura e a sua localização (não exata).

É extremamente proibido pela Drivfit o ato de fumar dentro da viatura, incluindo cigarros eletrónicos, de combustão e aquecimento.

A Drivfit não limita a área de atividade dos seus clientes, podendo circular em todo território nacional.

A Drivfit não proibe a circulação fora do território nacional. Contudo, essas situações são extremamente raras.

Não há qualquer limitação ao número de passageiros, exceto o estabelecido pela própria viatura.

A Drivfit poderá ter a necessidade de deslocar a sua viatura para uma oficina ou para outra região nacional, usando para tal empresas de reboques certificadas e qualificadas para o efeito.

Para além disso, embora extremamente raro, poderá dar-se o caso de ser rebocado pelas autoridades. Caso tal aconteça, é responsabilidade Drivfit a recuperação da viatura e qualquer multa que de tal advenha.

A Drivfit assume inteira responsabilidade e pagamento sobre qualquer multa que advenha de ato praticado durante o aluguer.

Não é permitido pela Drivfit o uso de atrelados.

É permitido o transporte de animais de estimação, em conformidade com o Código da Estrada.

É permitido o transporte de crianças e pré-adolescentes. As licenças, alvarás, permissões e requisitos para o efeito, como a cadeirinha de transporte, recaem sobre o cliente Drivfit.

A Drivfit irá instalar o seu dispositivo na viatura, associando e validando o mesmo na plataforma da Via Verde; desta forma, nunca recairá sobre os proprietários.

Quaisquer portagens ou multas por falta de pagamento serão responsabilidade Drivfit.

Não é necessário cancelar o seu dispositivo Via Verde. No entanto, é imperativo que o retire de dentro do automóvel e o guarde consigo. A Drivfit não se irá responsabilizar por portagens ocorridas no seu dispositivo.

Apesar de tentarmos ajudar a recuperar os seus objetos, a Drivfit não se responsabiliza por quaisquer objetos pessoais, deixados pelos proprietários dentro da viatura. Por favor, retire todos estes objetos.

Danos

Não haverá qualquer reparação de danos no final do aluguer, sendo o Proprietário indemnizado por estes. O valor da indemnização por danos será apurado por entidade independente e certificada para o efeito e será pago contra documento contabilístico e de suporte.

Exceção a esta norma são os danos ocorridos em sinistro, que a Drivfit irá sempre reparar.

Qualquer dano da responsabilidade da Drivfit não será reparado mas sim indemnizado ao Proprietário.

O apuramento destes danos e seu valor será realizado por entidade independente e certificada para o efeito, através do cruzamento das inspeções inicial e final.

A avaliação inicial da viatura é feita por entidade independente e certificada para o efeito antes do início do aluguer, com o objetivo de apurar os danos pré-existentes ao aluguer.

No mesmo dia, mas por uma entidade diferente, será realizado um check-up mecânico, para garantir que a viatura reune todas condições necessárias.

Ambas avaliações serão previamente marcadas tendo em conta a disponibilidade do proprietário e das entidades em questão e ocorrerá numa das oficinas da rede Drivfit, nas cidades de Lisboa ou Porto.

A presença do proprietário não é obrigatória, mas ao fazê-lo concorda com a inspeção realizada aos danos, sem oportunidade de contestação.

No momento das avaliações, o contrato já terá sido assinado. O proprietário receberá cópia de ambas as avaliações.

A avaliação final da viatura é feita por entidade independente e certificada para o efeito no final do aluguer, com o objetivo de apurar os danos à data que, por oposição à inspeção inicial, revelará os danos adicionais, dos quais Drivfit é responsável.

A presença do proprietário não é obrigatória, mas ao fazê-lo concorda com a inspeção realizada aos danos, sem oportunidade de contestação.

No final do aluguer não é realizada verificação mecânica. O proprietário receberá cópia da avaliação dos danos.

Perante documento contabilístico e suporte recebido pela Drivfit, a mesma irá indemnizar o proprietário no valor apurado por tal entidade.

Entidade independente e certificada para o efeito irá realizar uma inspeção extensiva da viatura interior e exterior, apurando os danos existentes. O valor dos mesmos é valorizado pela própria entidade, seguindo as boas práticas do mercado e tabelas do EuroTax, Audatex e/ou GTestimate.

A Drivfit apenas será responsável e indemnizará o proprietário dos danos adicionais, que se apuram pela diferença dos danos entre a inspeção final e inicial.

A avaliação dos danos será feita por entidade independente e certificada para o efeito - SGS.

A avaliação mecânica será realizada por uma das oficinas da rede de Drivfit, nas cidades de Lisboa ou Porto.

Manutenção, pneus, IPO e avarias

A Drivfit e a sua rede de oficinas irá apenas usar peças de origem nas suas reparações e manutenções.

Manutenções e revisões programadas, bem como de quaisquer consumíveis de desgaste são da responsabilidade do proprietário. No entanto, estas intervenções terão obrigatoriamente de ser realizadas numa das oficinas da rede Drivfit, que lhe concederá todos os descontos protocolados com a Drivfit.

E não se preocupe, nós tratamos de toda a operação, não precisa de fazer nada!

Tal como as manutenções, caso seja necessário substituir pneus, a responsabilidade recai sobre o proprietário. No entanto, esta intervenção terá obrigatoriamente de ser realizada numa das oficinas da rede Drivfit, que lhe concederá todos os descontos protocolados com a Drivfit.

Mas não se preocupe, nós tratamos de toda a operação, não precisa de fazer nada!

Infelizmente, tal iria fazer com que a viatura saísse da alçada e responsabilidade da Drivfit, obrigando a reiniciar o processo todo e à desresponsabilização da Drivfit da viatura e pagamentos nesse período.

É, portanto, mais eficiente e melhor para todas as partes que a Drivfit se ocupe desse processo numa das oficinas da sua rede. Garantimos as melhores oficinas, de renome, do país como é o caso da MCoutinho, pelo que a sua viatura estará nas melhores mãos!

Infelizmente, tal iria fazer com que a viatura saísse da alçada e responsabilidade da Drivfit, obrigando a reiniciar o processo todo e à desresponsabilização da Drivfit da viatura e pagamentos nesse período.

É, portanto, mais eficiente e melhor para todas as partes que a Drivfit se ocupe desse processo numa das oficinas da sua rede. Garantimos as melhores oficinas, de renome, do país como é o caso da MCoutinho, pelo que a sua viatura estará nas melhores mãos!

Por uma questão de facilidade, a Drivfit poderá assumir o acréscimo de níveis como óleo e Adblue.

Assumindo que a responsabilidade da avaria foi Drivfit, a mesma irá assumir esta reparação.

As revisões e outras manutenções programadas dependem de vários fatores: marca/modelo da viatura, condução praticada, qualidade dos materiais previamente instalados.

Tipicamente, as revisões acontecem em intervalos de 20.000/30.000 kms.

Caso tenha feito revisão recentemente e se considerarmos uma média de 5.000 kms feitos mensalmente, no final de 4/6 meses teremos de realizar revisão.

Já as pastilhas de travão deverão ser vigiadas em intervalos de 10.000 kms mas são substituídas geralmente a cada 40.000 kms.

Deixamos a ressalva que há mais variáveis que poderão influenciar o disposto, podendo ocorrer manutenções uns dias depois de nos alugar a sua viatura.

De igual forma às revisões e outras manutenções, há diversos fatores que influenciam a frequência de substituição de pneus: marca/modelo da viatura, condução praticada, estado e qualidade dos pneus atuais, entre outras.

Tipicamente, os pneus poderão rodar cerca de 40.000 kms. Caso os pneus da sua viatura sejam recentes e se considerarmos uma média de 5.000 kms feitos mensalmente, no final 8 meses teremos de substituir pelo menos 2 pneus.

Deixamos a ressalva que no caso dos pneus estas contas são altamente teóricas, dada a preponderância de certos fatores como o tipo de condução.

Caso a avaria ou motivo de paralisação seja imputável à Drivfit, continuará a receber.

Caso sejam avarias por motivos anteriores ao aluguer, haverá cessação de pagamentos.

Para seu conforto e velocidade no processo, a Drivfit irá tratar de todo esse processo - não precisa de fazer nada!

Ainda assim, solicitamos que esteja contactável pois podemos necessitar da sua ajuda ou validação.

Sim, a Drivfit terá de executar uma Inspeção Periódica Obrigatória própria para a atividade de transporte de passageiros. Será sempre da responsabilidade da Drivfit.

A responsabilidade da IPO será da Drivfit e custeada pela mesma.

Para facilitar o processo, poderemos deduzir o valor de manutenções do valor que terá a receber.

Se ocorrer uma avaria após término do aluguer, a responsabilidade será do proprietário salvo se comprovadamente tiver sido causada pela Drivfit.

No início do aluguer, a Drivfit irá efetuar uma verificação mecânica onde se irá apurar, entre outros, o estado da embraiagem.

Caso a embraiagem esteja minimamente danificada, o aluguer não se poderá realizar.

Caso esteja tudo conforme, e a embraiagem se danifique a meio do aluguer, a Drivfit será responsável pela sua inteira reparação ou substituição.

Qualquer inconformidade na embraiagem verificada após o aluguer, a Drivifit não será responsabilizada.

A responsabilidade da substituição do filtro de partículas, quando assim requerido a meio do aluguer, será responsabilidade Drivfit.

Qualquer evento após aluguer não será responsabilidade Drivfit.

As revisões e outras manutenções programadas serão realizadas na rede de oficinas Drivfit.

Apesar da maioria das oficinas na rede serem concessionárias oficiais de muitas marcas, a Drivfit não garante que o seja da marca da sua viatura especificamente.

Contudo, esta rede garante os procedimentos preconizados pelas respetivas Marcas e, segundo até normas europeias, tal não poderá nunca inviabilizar a aplicação da garantia.

Seguro, perda total e roubo

Estes casos são extremamente raros.

Desde 2019, contamos apenas 3 casos de Perda Total e nenhum caso de roubo, em mais de 750 viaturas que fizeram ou fazem parte da nossa frota, o que dá uma probabilidade inferior a 0,4%.

Contudo, é nossa prática ressalvar estes casos, para maior transparência e salvaguarda de ambas as partes.

Antes de mais, vamos esclarecer duas definições.

  • Capital assegurado: refere-se ao valor comercial da viatura no momento do aluguer e é definido pela seguradora consoante as características da viatura no momento inicial do aluguer (marca, modelo, idade, quilometragem, etc). Este valor será-lhe comunicado previamente e estará assente no contrato entre a Drivfit e o proprietário.
  • Valor do salvado: por salvado entende-se a viatura, no seu estado acidentado, por reparar. Geralmente, as viaturas depois do acidente que provocou a Perda total (salvado) têm valor comercial - quer para entidades que recuperam a viatura, quer para entidades que a adquirem para peças.

Em caso de Perda total, a seguradora contratada pela Drivfit para o efeito irá indemnizar a Drivfit no montante do 'Capital assegurado' líquido do 'Valor do salvado'.

A Drivfit irá então trespassar este valor, por completo, ao proprietário, indemnizando-o da Perda Total.

De seguida, a Drivfit irá entrar em contacto com o proprietário, oferecendo-lhe uma proposta para o 'Salvado'. Caso aceite, a Drivfit irá adquirir-lhe o 'Salvado' pelo valor proposto. Caso não aceite, a Drivfit irá devolver-lhe a posse do 'Salvado'.

Exemplo:

  • Capital assegurado: 30.000€
  • Valor do salvado: 10.000€

Neste caso, a seguradora irá pagar à Drivfit o montante de 20.000€ (30.000€ - 10.000€) que o irá transferir por completo para o proprietário. De seguida, a Drivfit fará proposta ao proprietário para compra do Salvado por 10.000€.

Caso aceite, a Drivfit irá transferir também 10.000€, perfazendo uma indemnização total de 30.000€ (20.000€ + 10.000€).

Caso não aceite, a Drivfit indicará onde está o Salvado. Nesta situação, a indemnização total foi de 20.000€, mas o proprietário detém ainda o Salvado.

Por fim, em caso de Roubo, haverá um hiato de tempo, obrigatório por lei, em que a seguradora tentará encontrar e recuperar a viatura.

Caso não consiga, irá indemnizar a Drivfit no valor total do Capital assegurado, 30.000€ no exemplo anterior, que, por sua vez, o irá transferir totalmente para o proprietário.

Sim, a Drivfit irá indemnizar o proprietário no valor do “capital a assegurar” nas duas situações.

Consulte a resposta à pergunta “Em caso de Perda Total resultante de um acidente ou Roubo, o que acontece?” para mais detalhes.

Em momento algum irá a Drivfit usar o seu seguro. A Drivfit irá incluir a sua viatura na nossa apólice de seguro, da qual seremos inteiramente responsáveis, quer pelo seu pagamento, quer pela sinistralidade e consequências da mesma.

O seguro Drivfit cobre Responsabilidade Civil (vulgar Responsabilidade contra Terceiros), Ocupantes, Quebra de Vidros, Assistência em viagem, Proteção Jurídica e Danos Próprios (vulgar Contra Todos os Riscos).

O seguro Drivfit irá ser ativado no primeiro dia de aluguer e será válido até ao último dia do aluguer, dia em cessa o nosso contrato e lhe entregamos a viatura de volta. Antes e após o aluguer, a Drivfit não terá qualquer seguro ativo nem será responsável por tal ou por qualquer sinistro que ocorra.

Quaisquer consequências da sinistralidade será inteiramente da responsabilidade Drivfit e apenas irá afetar o seu seguro. Ou seja, caso ocorram sinistros na sua viatura aquando do nosso aluguer, tal apenas irá agravar os custos da Drivfit com o seu seguro, não impactando de qualquer forma o seguro do proprietário.

Não será possível à Drivfit dar visibilidade das condições particulares do seguro aplicado à sua viatura até início do aluguer, altura em que a sua viatura irá ser incluída na nossa apólice.

Nesse momento, e sob seu pedido, partilharemos o documento das Condições Particulares.